terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Eu vou deixar a porta aberta...

Entrou na loja, passou pela ofertas de coméstico, chapinhas pra cabelo, bolsas ('Opa! Bolsas! Não, nao vim aqui pra isso!'), seguiu reta como um raio.
Chegou na seção pretendida: lingerie.
As de mocinhas. Brancas, com desenhos, de fru-frus, bege ('Qual o problema dos homens com calcinhas beges?'), de algodão, e toda sorte de coisas que ela já tinha em casa. 'É, já tenho em casa'.
As de bem-longe-de-mocinhas. Transparentes, de fiozinho, sem fiozinho, com aberturas, faltando pano, muito vermelho.
E bingo! As que vestem pra matar.
Rendas, cinta-ligas, e preto, muito preto.
Escolheu uma.
Chegou em casa depois de um dia estarfante no trabalho. Só queria tomar um bom banho, comer um pote gigante de sorvete e assistir porcaria na tevê.
Mas ela não faria isso. Ela iria sair e viver hoje. Ela tinha uma sacola em cima da cama para lhe lembrar disso.
Tomou um ótimo banho, com todos aqueles cremes caros e perfeitos. Secou o cabelo, de forma que ele refletisse aquele brilho rubro que tanto a fascinava. Olhou no espelho. Simplesmente magnífico.
Colocou aquele vestido vermelho, que a deixava bem demais. Sabe aquele, que te faz sentir mulher, desejável, que te faz querer rir de prazer? É esse.
E por baixo, a tal da lingerie.
Maquiagem, perfume, atitude.
Isso. A T I T U D E.
Vestiu a atitude. A atitude de não se importar. A atitude de não se magoar. A atitude de simplesmente viver, saborear, tirar do momento tudo que ele pode lhe proporcionar.
Chega de freios. De amarras. De maneirismos.
Chega de pensar se está certo, se é isso que se espera dela.
Chega de esperar que o telefone toque, que o email chegue, que a campainha apite.
Chega de cheirar o pijama, de olhar pra cama, de esperar que as pessoas entendam o que acontece, sem que ela precise explicar tudo detalhadamente.
Chega de pensar no amanhã.
Chega de esperar que suas flores espalhem o perfume que ela espera delas.
Quer saber? Era adorável ser desse jeito desapegavelmente responsável, mas ela não ia mais ficar pensando, nem esperando.
Hoje, era o seu dia. E ela não aceitaria menos do que isso. Não menos. Sempre o mais. Mesmo que isso a levasse pra outros caminhos.
Ficar pensando, pesando, imaginando... Chega disso!
Ela não ia ficar esperando. Nem respostas, nem voltas, nem nada.
Ela ia sair, beber, rir, viver. Simples assim.
E por baixo de tudo isso, vinha a lingerie e a atitude.
Talvez, ninguém enxergasse nenhuma das duas, mas não importava. Ela sabia que estavam lá. E isso, acreditem, bastava!


E esse é meu texto-presente pra minha amiga invisível.
Alguns até diriam que foi marmelada, afinal, escrever pra ela foi super fácil, ainda que, perpendicularmente, bem complicado, mas sempre, um prazer, é claro!
Parabéns, Line, um ótimo Natal pra ti. Espero que tu tenhas gostado! Desejar tudo de bom é mais que repetitivo, então, te desejo também a chance, e mais que a chance, a vontade! Porque, no fim, tu sabes o que eu quero dizer ;)
Que Papai Noel te dê um presentaaaaaaaaaaaaço esse ano!


Pessoas, Bom Natal pra vocês também. Nem preciso dizer que desejo diversas fortunas, certo?
Beijos

24 comentários:

Monday disse...

moça: bege não tem a pureza do branco, não é apimentado que nem o vermelho e nem mata que nem o preto ... bege é para ser usada e não para ser mostrada ... bege não tem tempero e pode fazer parecer que você também não tem ... porque bege ... é bege ...

Aline T.H. disse...

Vai ficar longo, mas que se dane:

A minha amiga oculta não é nada oculta pra mim, mesmo que a gente ainda não tenha devastado algum lugar, como dois furacões grau 5 - mas é amiga. Da maneira mais louca, doida e extravagante, ela é minha amiga, mas também parece que somos uma, em algumas horas - diria que nas mais teimosas, complicadas e, porque não, inteligentes. A minha amiga oculta fala um português lindo (e até onde sei... bem, deixa pra lá! rs) e é tão inteligente e madura que eu acho que ela mente a idade pra menos, às vezes. Eu a chamo de menina, ela me chama de mulher, mas a gente cansa de inverter esses papéis quando menos se espera.

A minha amiga agora-não-mais-oculta é linda, por dentro e por fora. E fez o meu coração petrificado quebrar um pouco e até chorei. E ela merece tudo de melhor que puder ter na vida, sempre. Mas se tu for pro Tibet e passar um mês inteiro sem falar e o lhama sobreviver, eu JURO que mudo meu nome pra Rosquilda Arivaldina!

Beijos, menina. E obrigada!

meus instantes e momentos disse...

parabens pelo post e blog. Tudo muito bom, foi bom vir aqui.
Tenha um feliz Natal e um 2009, todinho do modo que vc pedir.
Maurizio

Nanda Nascimento disse...

Passando para desejar um feliz Natal, e um Ano novo maravilhoso, do jeito que você merece.

Beijos e flores!

fabioricardo disse...

vestir atitude é melhor que vestir qualquer grife. e deixa a mulher muito melhor do q com qualquer outro traje. e bege, bege defintivamente não combina com atitude.

Anna Bueno disse...

Acabei de lembrar que to precisando comprar umas ligueries. Ganhei de uma amiga uma clacinha vermelha com um vidro com 2 bolinhas que servem para... Isso dá um post rsrs
Tb nao sei pq os homens implicam com bege...eu acho uma cor meiga.kkkkkkkkkkkkk
Bjos!

Aline Dias disse...

Feliz natal pra ti, querida =)
Sabes eu ainda prefiro a linha de Lolita x) E ainda espero o telefone tocar.

JP disse...

oioi!!! Então ainda por Portugal? não voltaste a dar novidades!!! que tens feito?

JP disse...

adiciona-me se quiseres: jlips71@hotmail.com

meus instantes e momentos disse...

Ano Novo, é o resto de sua vida, é o daqui a pouco, é o amanhã é o tudo que está por vir.
Pegue sua força, sua vontade,e se jogue na vida. A Felicidade te espera,olhe pra frente
vibre, lute, na consciência que nada é impossivel. Se não acontecer hoje ou amanhã, vai acontecer depois.
Viva a vida em toda sua plenitude. Que seu coração lhe guie, e sua razão lhe de o rumo, o prumo.
Pegue seu sonhos coloque debaixo do braço,levante a cabeça, e vá.......Voce pode, acredite. Sempre.
Felizes anos que ainda vem.
é o que eu desejo a voce.
Maurizio.

-=|Åñä £ú¢¡ä|=- disse...

Feliz Ano Novo pra vc e Felicidades...
Bjs.

Philip Rangel disse...

Pois é meus amigos, meus novos amigos é tao interessante entrar em cada blog, na qual chamo de pagina de internet, e visualizar ...ler...responder a cada postagem...quao magnifico visitar novos blogs e tornamos amigos...novos amigos em que apoio e eles tambem apoiam...participam..cada blog traz a sua essencia..que muitas vezes viajamos ;..rimos....e ate emocionamos com os textos prescritos...alguns de vcs marcam com textos informativos, texto diarios, texto mundo, tv, dicas, outros pela emoçao poemas, utilidades, cada um programa o seu jeito..por isso torna se um mundo magnifico na qual enriquecemos com cultura pois cada um demonstra seu trabalho em diferentes localizaçoes do Brasil e do mundo..
Agradeço sim a todos que me visitaram e que me visitam..a todos que ja entraram numa fria...a todos que apoiaram o retorno e apoiaram nesse ano de 2008..espero essa uniao em 2009.. pq as postagens nao podem parar...

Parabens a vc amigo blogueiro por existir e mostrar qm é voce...

abraços a todos....
e que venha 2009

Aline disse...

Oi Tayna, me assustei qnd passei pelo blog hj.. acompanho sempre, vc escreve muito bem, e quase sempre cai como uma luva na minha vida.. hoje foi mais impressionante, texto não foi só pra mim.. mas pra uma Aline tbm.. por alguns minutos eu tive a certeza que vc escreveu pra mim!.. adorei.. rs. Espero qeu tenha tido um ótimo natal e que 2009 venha exatamente do jeito que vc deseja! BeiJos e boa sorte sempre! (:

Daniel disse...

Bege é T.T (Tira Tesão). O vermelho por si só é sexy, o preto é atissa e o branco aceita tudo rsrs. Gostei do seu blog, voltarei mais vezes. Um abraço e feliz 2009.

http://so-pensando.blogspot.com

disse...

Ah! Foi marmelada? Será?
Ficadúvida. rsss
Adorei seu texto.
Tô caçando quem me tirou. hahaha
Beijas e feliz tudo pra vc!

Johannes disse...

ola! Tudo bem... vi seu blog no sou para raio de doido, e gostei bastante do conteúdo!
Sobre Floripa.... bom.. como muitos dizem.. Floripa é Floripa! Quem bom que gostou! Eu adoro a minha cidade, mas o dever me chama em Curitiba né! hehe

Obrigado pela visita e volte sempre, que eu estarei sempre atento aqui!
Um beijo, feliz natal atrasado e feliz 2009!

Nucifera disse...

Preciso da lingerie e da atitude... ando muito parada esperando o telefone tocar, e como deve ter dado pra perceber, ele toca, mas raramente é quem eu desejaria que fosse...
Ai, moça... por que as coisas parecem tão dificeis às vezes...
acho que vou fazer como sua amiga, vestir a lingerie e a atitude!

beses, linda!

Vida Bailarina disse...

Pois é, bege mostra meio palidez; deve ser por isso!! rsrsrs

Bom Reveillon pra vc! Tenha um 2009cheio de grandes realizações!
Beijão
Iêda

Menina da Imprensa disse...

Vestir atitude, viver ao sabor do vento... Marcar a vida com as pegadas da vontade! Blog bacana! Passei pra espiar e gostei. Posso voltar?
Kisses

iara disse...

lindo post, pra quem merece. e celebrar a amizade , mesmo que distante, pois os bites e bites aproximam almas que se entem. bjs

Fabio Fernandes disse...

Atitude é tudo mesmo. O comment q vc deixou no meu último post, falava exatamente isso. Mas a atitude é boa de ser tomada apenas no momento certo.. Ou no momento que se tem vontade. Ou ambos. No seu caso foi pq quis.. no meu é pq não era o momento certo. Mas ele há de aparecer.

Qualquer dia, conta pra gente como foi a noite com a lingerie e a atitude... ;)

Bjokas.

Fernando Ramos disse...

Ah, foi para a amiga...Entendi.

Na boa este texto deu até calafrio. Mais específico na parte:

"Colocou aquele vestido vermelho, que a deixava bem demais. Sabe aquele, que te faz sentir mulher, desejável, que te faz querer rir de prazer? É esse.
E por baixo, a tal da lingerie.
Maquiagem, perfume, atitude."

Tenho certeza que no dia seguinte dessa balada que tua amiga foi ou seja lá com quem ela saiu, alguém ficou rindo demais para as paredes.

Beijocas!

MELISSA S disse...

Mandou super bem, Taynar!! Certeza de que ela gostou!!! A gente precisa desses dias, repetidamente. Não à toa, meu personagem preferido é o Curinga, que odeia regras e adora ver o circo pegando fogo. Sair sem amarras, dar a cara a tapa. Adoro isso.

Anônimo disse...

Amiable post and this enter helped me alot in my college assignement. Thank you as your information.