segunda-feira, 14 de abril de 2008

I don't wanna stage a single piece

Quando tu tens um amigo, e esse amigo está mal, achando que fez algo de errado, e tu sabes que o que ele fez nem é tão grave assim, tu gastas bastante tempo tentando convencê-lo de que não é bem assim, de que o conceito de certo e errado é muito amplo, e se ele não está ferindo ninguém e nem à ele mesmo, então, o que é fazer a coisa errada? Só o que um idiota qualquer diria que não é por aí? Acho que todo mundo já passou por uma situação assim.

Mas e quando tu fazes a mesma coisa, e subitamente, te sentes a última pessoa do universo?
Eu posso dizer várias razões, plausíveis, claro, que convenceriam qualquer pessoa, mas como convencer a nós mesmos?

Um comentário:

Seymour disse...

Não consegues...
Só um solitário, sem amigos, sem ninguém nunca passou por isso.
Sempre que as coisas nos tocam a nós a coisa muda de figura! Todos os conselhos que tu dás e sabes/sentes que são os correctos não funcionam para nós. Não sei porquê nem preciso saber...
Preciso é apenas de saber que aquele que ajudei estará lá quando eu precisar. Nem que repita aquilo que eu já lhe disse um dia..
E de certeza que concordas :)