terça-feira, 14 de abril de 2009

I'm just not there

Hoje, amanhã, ontem, eu sonhei contigo. Na verdade, até acordei com o sonho nos meus olhos.
É a terceira vez que vou dormir pensando, e durmo sonhando contigo. Terceira vez seguida. Nas outras duas eu nem se sonhei realmente, ou se pensei tanto antes de dormir, que estou confundindo as coisas. A mente prega peças engraçadas na gente, e quem sou eu para questioná-la?
Mas hoje foi tão diferente. Porque o sonho foi simples, mas tão verdadeiro, que eu acordei triste, por não ter ganhado o beijo simples com o qual sonhei, onde a tua barba mal feita roçava na minha boca, através das grades da janela de onde eu estava. Eu até lembro da cor dos fios refletidos pelo sol. Celine que sou.
E eu sei que eu disse que não falaria mais essas coisas. Eu sei que concordamos discordado nisso. Mas essa simplicidade era tão cheia de significado que, pela primeira vez, eu cansei de sonhar.
E eu tenho algo com sonhos, sejam os dormidos, ou sejam os acordados, na verdade, principalmente os acordados: quanto mais acontece, mais distante fica.
Eu tenho esse mau costume. Não sei se os sonhos são a única materialização que certas coisas assumem, ou se simplesmente eu me deixo levar demais. Mas como sempre, eu divago mais que qualquer outra coisa.
E nem tristeza é, até porque, contrariando a canção, pra mim ela tem fim. É só uma sensação agoniante de que existe tanto pra acontecer, mas...
Eu quero mais, não mas.
Vem me dar?

6 comentários:

Paulinha* disse...

nossa, também tenho sonhado com coisas que não tenho e não quero mais..=/

mais um trecho pra eu copiar..hehe

beeijos

Cogumela =) disse...

"quanto mais acontece, mais distante fica."

tenho essa leve impressão tbm.

esse texto está sentimentalmente melancólico. 2ª inegável fase do romantismo brasileiro.

beijo.

NiNah disse...

Delírios no seu texto. Lindo!
Bjos

Fabio Fernandes disse...

Ah, isso é ter esperança. Sonhar com a realização do impossível, é a nossa vontade que se torne realidade.

Tenha esperança. Sempre.

Bjokas.

Atreyu disse...

Eu sonho mais acordado do que dormindo então...
Texto bem bacana!

Sisa disse...

Eu escrevo fácil sobre meu dia a dia... mas escrever coisas lindas e sutis assim está acima das minhas possibilidades. Nem sempre comento, mas sempre te leio, gata. Suas palavras são sempre leves e lindas, até em alguns textos em que essa não é a intenção.

Beijos.