domingo, 11 de novembro de 2012

Apodyopsis



    Coisas boas acontecem quando a gente menos espera. É o que dizem.
    Às vezes, é um bom filme pelo qual não dávamos nada. Outras, uma comida diferente que nunca tínhamos provado.
    Ou então aquela noite em que o nada estava programado para acontecer, e simplesmente acabou acontecendo o tudo, um dos momentos mais diferentes dos últimos tempos.
    Inesperado. Não tem como programar; essa é a premissa.
    É aquela situação em que os sentimentos ficam a flor da pele, e você é obrigado, ou melhor, compelido a agir conforme as coisas vão acontecendo.
    Um arrepio diferente. Um cheiro diferente. Uma pele diferente. Um toque diferente. O corpo começa a reagir a novos estímulos, a cabeça a novos pensamentos. É a babilônia das sensações.
    Tudo é novo, tudo é surpresa, tudo estranhamente faz sentido, e não mais que de repente, tudo se encaixa.
    Subitamente parece que o antes foi perda de tempo. Que esse tempo é o agora.
    Uma história em alguns segundos.
    Por um bom tempo o olhar fica longe, o pensamento disperso e os braços sentindo falta de alguma forma, de algo que não estava ali antes, mas que agora torna-se saudoso.
    Talvez esse mesmo momento nunca se repita, talvez o encaixe volte a não acontecer, mas será que o que passou se torna menos significante?
    Eu acho que, embora ainda prefira continuar confiando no inesperado - naquele algo a mais, o dia a dia não é capaz de suplantar esses raros momentos de felicidade espontânea.
    É isso que faz ser tão bom.
    É isso que faz querermos sempre mais.
    São os momentos inesperados que fazem com que se acredite, com que se sonhe e com que se queira ir em frente.
    E quem pode realmente afirmar o que vai acontecer depois deles?
    Quem pode dizer que não foi apenas o começo?
    Do que? Ninguém também pode saber.
    A história vai acontecendo conforme vai se escrevendo.
    O que você quer que leiam?

7 comentários:

Anônimo disse...

Incгeԁiblе points. Solid argumеnts.
Keep up the amаzing sρirit.
my webpage - V2 Cigs Reviews

Anônimo disse...

What і dо not unԁerstood is іn truth
how уоu're not actually a lot more well-preferred than you may be right now. You are very intelligent. You realize thus considerably in the case of this subject, made me for my part imagine it from so many numerous angles. Its like men and women don't seem tο bе inνolved
unless it's one thing to do with Lady gaga! Your personal stuffs outstanding. All the time take care of it up!

Visit my website ... just click the next webpage
Also see my website - Silkn Reviews

Anônimo disse...

Genеrallу I do not learn artiсle on blοgs, however I would liκе to say that thіѕ write-up verу forсed me to takе a loοκ at and
do so! Youг writing stуle has been surprisеd me.

Τhanκѕ, very nice post.

Αlso ѵіsit my blοg post ... please click the up coming document

Anônimo disse...

A fascinating discuѕsіon is woгth cοmment.

I thinκ that yοu ѕhоuld ρublish moге аbοut this subject matter,
it may not be a tаboo matter but genеrally people ԁon't talk about these issues. To the next! Best wishes!!

Also visit my web-site v2 cigs reviews
Also see my web page :: http://www.sfgate.com/business/prweb/article/V2-Cigs-Review-Authentic-Smoking-Experience-or-4075176.php

Anônimo disse...

Hello eѵerybody, here еνeгy perѕon is sharing thеse κinds οf exρеrience, therefοrе it's pleasant to read this website, and I used to pay a visit this weblog daily.

my site ... sensepil reviews
Also see my webpage > click through the up coming web page

Anônimo disse...

Your cuгrent article features establіshed necessary to me personallу.

It’s extremely uѕeful and уou rеally
are clearly eхtremely eхperienсed in this region.

You pοsseѕs expоѕed my eуes to bе able to variοus thoughts about
this subject mattеr using intгiguing and stгong content mаterial.
Also visit my blog post phentermine

devaneiosdeumqualquer disse...

Um filme que me impressionou, e acredito que também vá impressionar você, por 1 frase... foi em Os Incríveis, numa conversa entre mãe e filho onde a mãe tentava incentivar o filho a suprimir seus super-poderes para ser normal... Se me lembro bem o diálogo era mais ou menos assim:

Mãe: "Mas todo mundo é especial meu filho."
Filho: "Isso também é um jeito de dizer que ninguém é especial mãe.."

O quê quero dizer com tudo isso? Momentos "especiais" são os que se diferenciam dos outros. Que obviamente se destacam, e forçam por nos impressionar, por mostrarem que coisas diferentes acontecem.. que detalhes e coisas ínfimas, às vezes, fazem toda a diferença e valem sim à pena serem vividos..

Não só vividos, como lembrados também.. pq não?
O quê vem depois?

Espero que muitos outros momentos especiais.. para todos nós.