terça-feira, 23 de setembro de 2008

You´ve reached for the secret too soon

Ploc!
É o som de uma bolha estourando.
Uma bolha que libera um sentimento que parece ter saído do teu estômago e vai subindo, subindo... Arrepiando os pêlos do braço, causando um arrepio no pescoço, e um leve engasgar na gargantar. E continua subindo, deixando a boca seca, uma leve fungada no nariz, e marejanjo os olhos. Sempre subindo...
Isso tudo leva um milésimo de segundo, ou ainda menos, me desculpem os doutores. Mas finalmente chega ao cérebro, que registra tardiamente, o que o coração já sentiu há muito tempo: reconhecimento de uma mão estendida. A mão do amigo. Que te ajuda a passar pelo caminho escuro, ou simplesmente te faz companhia numa madrugada solitária.

É assim a amizade. E são tantas as frases piegas que podem descrevê-la.
Muitas verdadeiras, outras melosas, e umas tantas idiotas. Bem idiotas.
Mas a amizade é mais do que isso.
É dizer que tu estás errado, quando não queres ouvir isso.
É te chamar de doido, quando achas que estás são.
E até mesmo ter momentos de insanidade, numa mesa de bar e gritar algumas verdades.
Irracional, é claro, mas ainda verdadeiro.
Amizade não precisa de fórmula, nem de regra, nem de dogma. Só doses de confianças, sinceridade e muita cara de pau. Lots and lots of of it.

É simplesmente aquela pessoa que tu sabes que podes contar aquela coisa inconfessável que fizeste no final de semana. Ou então que te ajuda a roubar um banco. Ou que vem com o fósforo, quando ainda estás cogitando mandar tudo pelos ares.

A tal da amizade também é um texto meloso, só pra ressaltar só o quanto tu amas alguém. Mesmo que esse alguém seja tu, Gustavo ;)

âpidaiti: Esqueci de dizer que quando ele ficar velho e rico, eu caso e o mato logo em seguida. Porque sou destas, piedosa.

14 comentários:

gustavopinto disse...

tem gente que se apega com tão pouco :)

estou realmente na dúvida se tudo isso foi pra eu não contar esse segredo de um sábado a noite.. será?

brincadeiras a parte, obrigado pela compania de madrugadas a dentro. engraçado lembrar da longa tragetória dessas conversas. muitas manhãs vendo o sol nascer pela janela do quarto enquanto conversava contigo. De lá pra cá muita coisa mudou, mas continua sendo sempre muito importante, principalmente pra manter o mínimo grau de sanindade nesse corpo inábito.

beijos saudosos.

come on [...], and shine!

Homem do Cafezinho disse...

Mesmo o post sendo dedicado à outrem me atreverei a comentá-lo....

Taynar, Taynar, o que dizer de seus textos? Cade vez melhores, é pouco, muito pouco perto de como eles me atingem!!!

A amizade sempre me foi algo muito precioso, tanto que costumo dizer qu etenho duas famílias, a que os Deuses me deram e uma outra que eu escollhi, essa formada somente pelos meus melhores amigos, aqueles aos quais eu escolhi chamar de irmãos.....ainda tem uma vaguinha, aceita?!?!?!

canseidexuxu disse...

Tá, agora vou fazer amizade com o teu Gustavo e arrancar dele esse tal segredo. Porque sou dessas, curiosa! Hahaha!

Lindo teu texto! :) Amizades são tesouros e qualquer definição acaba sendo brega, exceto a tua!

Ô Gustavo, valoriza hein? :)

Beijocas
Xu

canseidexuxu disse...

Aaahhh! Thanks! :)

Gustavo, não deixa mais essa sua amiga beber!

Bom, às vezes é até saudável... pra fechar a porta de uma vez!

Beijos!
Xu

MELISSA S disse...

Amizade... É muito bom dividir momentos com as pessoas, né? Principalmente os bons... Uma pieguice verdadeira: amigos são a família que escolhemos... Bjs

Lyn Monroe disse...

Amigos sao uma das melhores coisas da vida!
E vc escreveu um lindo post a respeito !
beijo gde!

gustavopinto disse...

Bom, quando fazer ela parar de beber, isso infelizmente não está nas minhas mãos :)

Ana Paula disse...

Ah, delícia, hein? Amizade...
Novas, antigas, instantâneas... São sempre deliciosas.

Sou uma pessoa de poucos amigos de verdade, sabe? Mas extremamente amiga de meus amigos...(soou mafioso, né? rs)

Beijos!

Cyntia Taborda ") disse...

caraaambaa Tay!
O.O
Liiindo oq ue vc escreveu pra descrever a reaçao de uma amizade!
caraambaaa...Pensie que ia falar do homem da sua vida,log que começei a ler!
xDDD

bjaao flor ;*

Cogumela =) disse...

As vezes eu não sei o que seria de mim sem amigos. Eu que a quase três anos moro fora de casa. Saí com 18, aprendi a cozinhar, a contabilizar as moedas, fraquejei, chorei de saudade, pensei em voltar, ouvi o que não gostava e falei mais que minha própria boca, afinal...humanos tem impulsos. Felizmente... nas piores e melhores horas eu tive alguém que me disse:
- hey, não desiste! Eu estou aqui, aperta o meu braço e segura a minha mão.

Vida longa aos bons amigos!
A eternidade momentânea aqueles que passam e deixam suas marcas... estes hora ou outra foram importantes, pois tbm lembramos!

beijo, guria!

Cogu-dentro da validade ^^

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Curiosidade...

carolbiasucci disse...

Amizade é muito importante pra quem tem amigos, então, valorize os seus.. :)

bjo Tay.

Aline T.H. disse...

Lendo teu texto, me vieram duas pessoas à lembrança, especiais assim.

E é claro que o texto tá maravilhoso, como sempre =)

Beijos!

PS: Nevermind the short speech, you know how I am today, rs.

Flavinha disse...

Li o texto pensando nos meus amigos queridos - alguns hoje fisicamente longe, mas sempre comigo, de uma forma ou de outra. E quando terminei e vi que esse post era uma dedicatória a um amigo seu, não resisti: fiz uma série de telefonemas.

Lindo lindo, esse laço de vocês.

Beijão pros dois :)