domingo, 14 de setembro de 2008

Com açúcar e com afeto, fiz seu doce predileto

Nunca chegou a ser um namoro convencional. Foi mais uma série de termina-e-volta quase infindável. Eles estavam juntos, ele aprontava, ela perdoava, ele sumia, ela se descabelava, depois de muito tempo, ele reaparecia, com uma promessa nos olhos e uma desculpa na língua, e começava tudo de novo.
Um dia ela cansou, e o mandou pra longe. Foi aproveitar a vida, curtir os sonhos, realizar desejos. Ele talvez tenha feito o mesmo.
Muito tempo depois, ela evoluiu, cresceu, fez coisas novas. Ele não, continuou do vez jeito, no mesmo lugar. E numa dessas coisas da vida, saíram e se encontraram. Sentaram, beberam, ficaram porres.
No meio da noite, ele chorou e pediu perdão por tudo que tinha feito e, principalmente, pelo não tinha feito e lhe disse que ela era a mulher de sua vida.
Ela não conseguiu dizer nada, a não ser que sentia muito, mas que aquilo não tinha mais jeito. Ela não desejava viver no passado, e nem ficar perto dele lhe fazia bem.
Ele ficou desolado. Foi embora prometendo a si mesmo que da próxima, tudo seria diferente.
Ela foi pra casa. Chegou, entrou no quarto. Sentou na cama e chorou por todos aqueles sentimentos perdidos.



* Bom, queria agradecer aos selos que recebi.


O primeiro foi da Lekkerding, e seu blog excelente. Porque eu também tenho problemas com meus batimentos cardíacos, e ela fala dos seus de maneira única. Totalmente recomendado, é claro.











O segundo foi da Mulher Diferente, com seu blog tão excelente quanto, sobre o dia-a-dia, as maluquices do mundo, e que vocês devem checar. E lógico, muito obrigada pelos elogios, moça =)




Obrigada, meninas, de verdade, e me desculpem pelos parcos elogios, mas hoje é domingo, e eu não funciono muito bem nos domingos. ;)
Quanto a lista de 15 blogs, indicos todos os que estão aí do lado, que faço questão de ler e comentar todos os dias, sempre. Eu sei que são mais do que quinze, mas acreditem, todos eles merecem, e muito!

Bom resto de domingo.


Update: Recebi novamente o Selo Dardos, dessa vez do meu maior fã, Capitão Nascimento e seu blog Apenas Outras Histórias. Já disse que um dia envio meu autografo de presente pra ele. ;p
Valeu, Capitão, sinta-se agraciado com o selo novamente. Só não vai te achar...


Update²: Mais um selo. Dessa vez, da Cyntia Taborda. Valeu, moça, muito obrigada!

24 comentários:

Jhennifer Cavassola disse...

Selo bem merecido!!! :)

Parabéns rsss

beijos

Lyn Monroe disse...

Ninguém deve viver de passado, mas sim de presente, pra se fazer um futuro melhor.
Espero q dessa vez vc tenha tido um otimo domingo!
beijos!

Dai disse...

Olá..mais uma fã..
Muito merecidos os selos..
Adorei teu blog...com muitas idéias úteis.
Visitarei sempre...
Bjoo..

canseidexuxu disse...

Parabéns pra ela que, depois de crescer, não voltou atrás... Precisa de muito autocontrole pra isso! :)

Domingo é lento neh? Hehehe!

Parabéns pelos selinhos, como todos disseram, merecidos!

Beijos!
Xu

Cogumela =) disse...

"Sentimentos perdidos..."

As vezes quando se percebe é tarde de mais e sentir já não faz sentido.

(vergonha)
Inspirei ou já li isso antes? o.O

Adoro Patu fu!

beijos

Cogumela =) disse...

Sabe que nunca tive tempo de ler Nelson Rodrigues?! Mas, morro de vontade...

Só conheço a versão do Pato fu.
Chico me faz chorar muito... por mais que cante "Geni"

É incrivel! o.O

Boa semana!

MELISSA S disse...

Taynar, ele tem irmão sim rs Mas daí saber se tem o memo talento são outros quinhentos, né? rs Seu blog tá ótimo, aliás...Bjs

Nanda Nascimento disse...

Olá,

A momentos que na vida, que saber viver é fundamental, pois os reprises não são possíveis.

Parabéns pelos selos!

Obrigada pela visita!Estou na torcida!

Beijos e flores!

Aline Dias disse...

Acho que já vivi um namoro como esse, recebi o mesmo, primeiro, selo de uma amiga, grande lisonja.

Sobre o post anterior, amo a música titulo.

Abraço!

O Seu Livre Arbítrio disse...

Parabéns pelos selos!!!!

Ah, tem gente que não curte futebol, normal, hehe... xD

Obrigado,
Bjossss
boa semana!!!!
;)

minicontosperversos disse...

boa e velha historinha do cara que não amaducere ou da moça que amadurece cedo demais (tem época pra isso?)

lembrou a úrsula do fidel (macumbaforte)

mas vc é mais lindinha que uma "úrsula"

Flavinha disse...

Sabe quando dói? Quando passa e a gente não vê. Oun, aí dói...

Ainda bem que toda dor tem cura.

Beijo, menina.

Bill Falcão disse...

Às vezes, nem com açúcar e com afeto, não é, Taynar?
Bjooooooooooooo!!!!!!!!!!

Ela disse... Ele disse.. disse...

Dizem que quem vive de passado é museu. Eu sinceramente acho que só não vale o "o vale a pena ver de novo" se o sentimento antigo não tiver com ele enorme carga de sofrimento. Se deixou de amar vc, para ama-lo e com isso o respeito foi pra longe. Neste caso. O melhor é realmente chorar e deixar as lagrimas levarem os resquicios embora.

viu!!! Eu tenho meus momentos Pedro Bial tb! Huahsuahsua

Boa semana, pentelha!
E parabens pelos selos

iara disse...

parabéns pelo selo.

e texto excelente!

bjs

carolbiasucci disse...

poxa vida adorei o texto.. seria bom se sempre fosse assim mesmo, se todos eles se arrependesem um dia e nos dessem valor.. :)

bjo flor!

James Marshall disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cap. Nascimento disse...

hohoho maior fã..
eu quero autografo sim, no talão de cheques e em branco oor favor?

Violeiro disse...

Adorei o abandono,o retorno a choradeira o que não se fez doeu mais queo feito e acontecido.Chegar em casa,depois e chorar é muito bom.todo adeus é ruim porque trás em seu bojo o nunca mais e o nunca mais,morena...gostei muito dos teus escritos.Violeiro.

Cyntia Taborda ") disse...

tem selo no meu cantinho pra vc tbm xDDDD

;*

canseidexuxu disse...

Dão, ainda dô péssima! :)

Bom o "dia de folga", mas tô louca pra voltar ao normal! Chega de cama... :(

Andas enjoada? Dramim me dá sono tbm...

Beijoo!
Xu

O Seu Livre Arbítrio disse...

Oiii!
Olha, pesado não fica (pelo menos no meu... São 1GB de RAM por ex.)
Acho que o maior problema do programa é a conexão com a internet, precisa ser boa para rodar tranquilo. Tenho Speedy 500 e vejo, mas nem é ideal, acho. Menos que isso ficaria bem ''irritante'' de ver. Depende da conexão.
Um bjooo
Boa noite..

Carlinha disse...

Ai que delícia dar o troco mesmo que não seja na maldade! Dá uma sensação de alívio,não é? Tão bom nos libertarmos de um sentimento que por muito tempo nos atormentou!

Terra disse...

Lendo seu texto não consegui concluir o que mais quero nesse momento...que chegue a hora de esquecê-lo de vez...ou que chegue a hora que ele me procure. Veja minha história no meu blog. Bjs.